Objetivo

O objetivo do LEMBRAR é desenvolver pesquisas e produção científica em torno do campo da Economia Criativa a partir da perspectiva da memória e da representação. O laboratório busca ainda reunir e estimular as pesquisas individuais e coletivas dos docentes, de modo a constituir-se em um espaço de produção acadêmica, de debate e de reflexão compartilhada de seus membros.

Este grupo busca um diálogo com outras áreas do conhecimento, numa perspectiva interdisciplinar que contemple os diferentes aspectos sociais, políticos, culturais e econômicos que envolvem os estudos de memória e representação. Com isto, o LEMBRAR pretende promover a interlocução das pesquisas e o intercâmbio da produção do laboratório e de seus pesquisadores com outros pesquisadores e outras instituições, no âmbito nacional e internacional.

Justificativa

Recordar é uma das questões mais prementes do nosso século. A memória vem sendo redimensionada e valorizada, movimento acompanhado por uma expansão no campo do memorável, no que muitos consideram o estabelecimento de uma cultura da memória . A emergência da memória como uma das preocupações culturais e políticas centrais das sociedades ocidentais é um fenômeno identificado pelo crítico e professor de literatura Andreas Huyssen. Caracterizado por uma volta ao passado, este movimento vai se contrapor com a crença exacerbada no futuro, que caracterizou as primeiras décadas da modernidade do século XX. As evidências estão no surgimento e na valorização de uma cultura da memória, que concentra um número cada vez maior de passados num presente simultâneo e sempre mais atemporal: modas retrô, móveis retrô autênticos, museologização da vida cotidiana através de câmeras filmadoras, Facebook e outras mídias sociais, reencontros saudosistas de músicos de rock mais velhos etc.